domingo, 25 de janeiro de 2009

"Tudo em ti foi naufrágio"- Pablo Neruda

Nossa, sinto que faz tempo que não escrevo nada aqui, além de minhas poesias que, evidentemente, falam por mim. Mas, ainda assim, gostaria de escrever para além destas hoje. Estava pensando como eu e Moony temos alguns gostos parecidos, tipo gostar de chuva, dia desses descobrimos que talvez seja justamente porque quando nos conhecemos, chovia muito, em pleno verão no hemisfério sul. E também gostamos muito do outono, eu, gosto porque acho uma estação completamente melancólica, ótima para compor... Todas aquelas folhinhas caindo, rs. É uma pena que aqui no nordeste a lógica das estações não se manifestem tão plausivelmente, por assim dizer. Fora a coincidência dos gostos pelas estações do ano e fenômenos climáticos, é difícil dizer... Na verdade, estou sento injusto, temos ainda a paixão pelas letras, as histórias, literatura, poesia, MPB (...)
É, por mais que eu fique tentando nos auto-sabotar, sim, ela é o amor da minha vida.

Gostaria muito de ser tão feliz assim no amor, mas pelo que segue aqui embaixo vocês descobriram que não, na verdade nem deveria fazer qualquer analogia entre minhas poesias e eu. Porque a poesia não deve ser relacionada com seu autor, nunca! A não ser que seja autobiográfica, deve-se considerar sempre o eu - lírico. Muito embora sempre há muito da percepção própria do autor em tudo que ele escreve, até mesmo a forma de escrever, depende da soma de sua vivência em determinadas áreas, por isso que muda a percepção de uma determinada 'coisa', para cada autor, saca?

Eis a poesia:





ACABOU...




...E a perspectiva de você estar
Em outros braços, agora, - me mata

E descobrir de repente que não mais sou
Aquele amor que você tanto sonhou
Que já não são meus braços que você procura
Não mais são minhas tuas noites, tuas...
E que não sou mais a razão da tua vida
- como me dizias, que mentira!

Meu Deus, porque dói tanto?
Ando chorando pelos cantos
Rezando a todos os santos
- mas eu sei que jamais serei atendido.
Porque nada agora é capaz de domar a dor
E a perspectiva de viver sem teu amor:
Acabou.





Rôh

37 comentários:

Philip Rangel disse...

Gosto de passa aki...ainda mais lendoe sses texto....leio neruda...mas nao viciado....

abraços

Magui Jay disse...

Isso é justamente o que se está passando comigo.

.ana disse...

que lindo isso^^
[pq será que as coisas tristes são tão bonitas?]

dói mt pensar naquele que se ama em outros braços. por isso que evito esse tipo de pensamento... e qd ele vem, procuro pensar em outra coisa.
ficar ligado a quem não nos quer mais é mt doloroso... e, mts vezes, perda de tempo.

bjks:**

Mah disse...

Seus poemas são os melhores. Comecei hoje a ler um novo livro de Paulo Coelho, nas primeiras páginas já me encantei. :X

Miguel Barroso disse...

Belo belo belo



Abraços d´ASSIMETRIA

DO PERFEITO

Fernanda disse...

Ah, prefiro o sol ... o verão ... os dias azuis ... mas não o calor rs

kekel^^ disse...

..moony.. tem selinho p/ vc nmeu blog..
passa lá=*

Carlos Lopes disse...

parabéns pelo blog

Coisinhas da Jeh _ disse...

obrigada! :D
oh, não gosta de memes? hahaha
;*

GueGue disse...

Aii é verdade sim!!

Obrigada! Toamara que dure pra sempre!!


Beijossssss

James Pimentel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
James Pimentel disse...

Obrigado Rooh
prometo que quando estiver com coragem, leio se texto completo :D

aushauhsuahsuauhs

vc acabou de achar mais um acompanhante ^^'

James Pimentel disse...

Agora eu lí :D
asaushauhsuahsuh

enfim, gostei da poesia, mas só não da parte dos santos lá... Enfim, não iremos entrar nesse detalhe!
Quando sai seu livro de poesias?

Sophie disse...

Quanta verdade nos dois textos!!!
(amo chuva tbm)

Liiinda poesia, você é um grande artista.
=**

.moony. disse...

óia ae, o rapaz voltou xD~
chora não, ela volta =P
enfim...
temos as nossas coisinhas em comum ^^ podem não ser trocentas milhões, mas as que tem são o suficiente ^^/*
tu sabe q tuas poesias são phodásticas, mas, por via das dúvidas, aí vai de novo:
tuas poesias são phodásticas!!
xD~
bju
teh +

Tecnenfermaginando disse...

vai amar bem assim lá na china!

é mto bom!

mta autonomia, mta sensibilidade!

retribuindo a visitinha... fiquei fã!

parabéns à dupla!
:)

paradoXos disse...

sublime!!!!


abraços

Sophie disse...

Deixei um selo pra vcs ;D
=***

Patricia disse...

eu tb nao sou uma sortuda no amor, mas já fui e acabou.
essa poesia é linda!

ela é meio que ciumenta.

:)

vida cotidiana disse...

Lindo, ter sorte no amor é viver o momento certo, se já vivestes esse momento, mesmo que tenha acabado, você tem sorte, e terá sempre. Isso é questão de tempo.

Sam disse...

Oi Rôh! Tô representando a galera lá do Disparos Mentais e vim retribuir o comentário. Adorei tuas poesias e a escolha de Neruda tb foi bem acertada. Ele tem um lirismo que poucos conseguem ter.

Se quiser, dê uma passadinha no meu depois ^^

Voltarei sempre aqui :)

Beijos

.duas doses de desdém - Gui disse...

Neruda é rei.

Obrigada pelas palavras Rôh!

Meus beijos!

Thays Lima disse...

Perfeito Rô Neruda é muito bom!
mandou bem!
Obrigada pelo carinho, ehhe vc verá logo as coisas mudam, e pelo jeito que a coisa vai indo eu tb...rsrs

bjãooo tenha um ótimo dia!

luh...=) disse...

oiee..
valeu pela visitaa..
a poesia é lindaa...
bjuss...
=)

Varda disse...

Há,fiz um trabalho sobre o Pablo Neruda *-*

(*tem uma coisa no blog p/ vc*)

Ju* disse...

e aí, vizinho de estado?!
kkkkkk

adorei o seu blog...
muito, muito massa!!!
xD

apareça sempre..
;)

bjks...

LUA disse...

Ólááá
obrigada por comentar em meu blog
não nego elogios ao seu. adoro tudo nele, por isso sempr estou ki espiando^^

ah, achei o testiculo na net^^

grande beijo

Minnie_ disse...

Mas que belo! =]

Eu, pessoa contraditória que sou, gosto tanto do outono qnt das outras estações... depende do meu espírito!

Amei a poesia.
Não concordo com razão de viver, mas pro contexto e pra poesia em si ficou perfeito.

Vou passar mais por aqui.

' Sofih disse...

Não só no Nordeste, mas np Brasil inteiro né? As estações se diferenciam muito pouco. É mais época de chuva e época sem chuva! =P
Só no Sul mesmo!
Bjos

Varda disse...

É temos sim!!

;)

Nanda disse...

como é lindo tudo o que é triste.. lindo para quem de fora lê. de dentro, não tem dor pior. compartilho com o poema o mesmo lamento...

melia kindler disse...

Olá!!! Muito obrigada pela visita :D

Adorei aqui tb!
Seu blog é lindo e tem excelentes textos ^__^

Beijos!!!

Quel Oliveira disse...

Para a .moony.

Olha realmente não tem como fugir deste troço chamado: "pecado"
hehehehehe
É só evitar.
Beijos e até + *.*

Para ' Rôh

aaaah! Obrigada, são muito boas mesmo (as respostas). kkk [/convencida!

Enquanto o texto e o fabuloso poema, ambos são de muito bom gosto. A partir do momento que nos indentificamos com uma pessoa, tudo fica maravilhoso.
Beijos a ti também.

Quel ..

Iury Cézar disse...

é, faz tempo que não via você postar outra coisa a não ser poesias.
mas mesmo assim está ótima.
Secuida, amigo.
Xêro. :*

Zandali disse...

olá moony!
olá rôh!

primeiro, quero dizer que estou seguindo vcs! rs...

depois, agradecer as visitas feitas ao meu mundinho!

e finalmente, o poema é lindo e eu adoro inverno... tenho uma queda pela melancolia!

beijos mil
e um ótimo fianl de semana!

Poly Jomasi disse...

Nossa então somos 3!!! a chuva, o outono, a poesia... amantes da arte e da simplissidade!! e sobre a poesia, um dia ouvi uma escritora que admiro bastante (Angela Guttierres) dizer que sua obra faz parte dela apesar dela não ser sua obra... é confuso mais acredito que cada verso de um poeta tem um pouco de sua alma... bju Rôh te admiro cada dia mais!!! amo a forma como você escreve!! sabe disso né!! ^^

Nenhum Mistério disse...

uiaa ><
Bem que eu queria trazer você pra mim...
Tipo
Aqueles nossos esquemas, se é que está lembrado xD
Mas é isso aew. Se eu pudesse trazer você pra junto de mim...
Creio que já estaria enjoado...
Ou será que eu estaria "enjoada" ?
Difícil afirmar xD
O amor sai dessa fossa ><
num liga pra essa outra não xD
Fica comigo, só eu amo vc
só eu
só euuu
xDD
Beijos te amooo ^^