segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Je ne vais plus pleurer, je ne vais plus parler...

Olá...


Antes de qualquer coisa, quero dizer que sei que os meus posts são absurdamente enormes e que não é todo mundo que tem tempo (e saco) pra ler tudo xD Então, se você só ler a parte besteirol, ou só ler a parte de memes ou selos, ou só quiser ler a continuação das histórias, no problem. E se você quiser ler tudo, melhor ainda xD Este post, particularmente, vai ser grande mesmo, porque faz séculos que eu não piso aqui xD


Pra vocês verem como a Vida, o Universo e Tudo o Mais são irônicos, o Rôh não tá postando por estar ocupado demais (creio que ele volta a postar no próximo fim de semana) e eu por estar desocupada demais. Essas férias estão me matando... Odeio passar um mês inteiro boiando no tédio. Passei essa última semana sem nem chegar perto do .status quo., e nem de nenhum outro blog. Perdoem a ausência de mais de uma semana, mas eu tava precisando de uma folguinha das coisas que eu sempre faço. Parei até de (tentar) tocar violão, e olha que eu tava até avançando. Ao menos pra duas coisas essas férias estão servindo: pra que eu desenhe e escreva mais. Ontem de madrugada eu fiquei super feliz porque consegui desenhar o Will, depois de milhares de anos tentando. Mas minha felicidade não durou muito... A arte final ficou uma grandessíssima merda, não ficou nem parecida com o esboço original que eu não vou postar aqui por vergonha xD O mais próximo que eu já cheguei do Will que existe na minha mente insana foi este aqui, feito há uns dois anos:


Neste desenho ele tem lá os seus quinze anos, como no começo da história. Mas o que eu queria mesmo era desenhar o Will um pouco mais velho, que é completamente diferente deste rostinho ‘angelical’ xD Vou ver se daqui pra semana que vem eu melhoro meu rascunho estranho... Se quiser ver meus outros desenhos estranhos é só clicar aqui.


Mudando radicalmente de assunto... A maioria dos meus amigos (de fora do CEFET) estão agora no 3º ano ou na faculdade. Eu quase consigo sentir falta dessa “rotina” normal. Lembro agora como estudei horrores pra entrar no CEFET, e queria (é, eu sou doida xD) uma motivação dessas de novo. Acho que é a ansiedade pelo quarto semestre. Só começa em março, e eu estou quase tendo um ataque aqui. Sempre fui assim, é só ter a perspectiva de um novo período letivo que eu fico doidinha esperando xD


Ok, vamos aos memes...


Recebemos dois memes essa semana. Você deve estar se perguntando: porque o Rôh nunca responde os memes? Eu respondo: porque ele não quer xD Já tentei convencê-lo a ser mais sociável, mas não deu certo ><”

Certo, o primeiro foi da Lêda. É pra contar seis segredos. Vou tentar...


1. Já pensei em entrar pra Marinha e ser engenheira naval. Ainda bem que não levei isso adiante xD É disciplina demais, eu não suportaria.


2. Morro de medo da piscina do CEFET, mesmo sabendo nadar. É muito funda, e já sonhei várias vezes que me afogava nela o.O


3. A maioria das pessoas que falam comigo no MSN pela primeira vez e não me conhecem pessoalmente acha que sou homem o.O²


4. Já tive uma agenda da Capricho *olha pros lados e sai correndo* xD


5. Tenho medo de avião desde que comecei a assistir Lost xD


6. (Quase) todos os meus ex me odeiam não sei porque ¬¬ *cínica*


O outro meme foi a Sophie que indicou. Achei ele super interessante! Tenho que escrever nove coisas sobre mim, sendo que três serão mentiras. Quem receber este meme deverá postar na sua resposta as três mentiras do blogueiro, que depois vai revelar se elas acertaram ou não xD


Vamos lá:


1. Eu não gostava de mangá quando era pequena;

2. Gosto de country e blues;

3. Sou chorona;

4. Adoro Eletricidade;

5. Tenho medo de trovão;

6. Adoro bolacha de morango;

7. Já tive uma tartaruga;

8. Me rendi à tecnologia e só estou escrevendo no PC;

9. Já rasguei manuscritos do Will.


E os da Sophie que eu acho que são mentira:


2. Sonho em fazer Medicina.

4. Sonho conhecer Paris e o Vaticano.

7. Tirei agora minha carteira de motorista.


Eu indico os dois memes para Jellyfish, Onde nem o céu seja o limite, Je’ suis e Thays Lima ^^


A Mony indicou o selo Olha que blog maneiro! Eu já tinha recebido antes e publicado as regras neste post, e vou colocar o nome dela embaixo do selo também : )


Eu ia postar hoje o capítulo oito de Pra não dizer que não falei de flores, mas tô com vontade de postar o Will xD Lembrando que se você quiser ler alguma história desde o começo, embaixo da lista de blogs aqui na barra lateral tem um "índice".


--


Todos Aqueles Ontens


Capítulo 2 - Dizes que sou feliz, e não mentes (Continuação)



Duas semanas depois, em uma tarde de sábado, Orlando foi comigo até minha casa, para contarmos tudo à minha mãe.


Eu tremia. Planejei vários modos de dizer, imaginei milhares de reações que ela poderia ter, mas quando chegamos lá e eu tive de apresentá-los, a única coisa que consegui dizer foi:


- Esse é o Orlando. Meu namorado.


Nenhum explicação, nenhuma história de como aconteceu ou algo do tipo; apenas saiu. Meu namorado. Nada mais. Cerca de dois segundos depois de ter dito, eu me arrependi, mas bastaram apenas outros dois para que eu me sentisse aliviado por não ter de dizer mais nada. Tudo já tinha sido dito naquela frase.


Minha mãe, que se chamava Katerina, teve apenas um segundo de hesitação, para logo em seguida apertar a mão de Orlando e sorrir. Seu sorriso era igual ao meu. Os olhos verdes também, assim como o nariz comprido e fino. Apenas o cabelo não era; o meu era louro, e o dela, castanho.


Depois daquele instante de hesitação, ela não deu nenhum sinal externo de desagrado. Agia normalmente, e isso me dava medo. Quando Orlando foi embora, depois do chá, eu entrei em pânico. O que ela diria? Talvez fosse melhor eu começar a arrumar as malas...


- Não precisava ter esperado tanto para trazê-lo aqui. – foi o que ela disse, me trazendo de volta a realidade.


- Hã?


- Parece ser um bom rapaz. – ela continuou, enquanto lavava uma xícara e se virava para me olhar. – Achou mesmo que eu não sabia?


- x -


- Sua mãe é realmente estranha – Orlando comentou no dia seguinte, quando lhe contei o ocorrido.


- Ela é. Nem sei o que pensar.


- Não foi tão ruim quanto você achou que seria.


- Ao menos isso...


- A propósito... vocês são muito parecidos. – ele disse, passando geléia em uma torrada.


- É...


- Will?


- Oi.


- Dá pra voltar pra Terra?


Eu realmente estava muito distraído. Puxei um assunto qualquer da memória para tentar iniciar uma conversa normal. A falta de reação da minha mãe ainda me perturbava; se ela tivesse me expulsado de casa eu estaria mais tranqüilo.


- Quem é aquela mulher que sempre acena pra você quando você sai?


- Hm? Ah, é a Carmen.


- A Carmen? – repeti, sentindo uma pontada de ciúme. – E vocês se conhecem?


- Ela é minha vizinha, Will. – ele respondeu, agora rindo.


- Isso não justifica.


- Não justifica o quê?


- Ela ficar toda cheia de sorrisos quando te vê!


- Deixa de bobagem. – ele reclamou, me dando um beijo rápido e me puxando para o quarto.


- Você não ia comer? – perguntei, olhando para a torrada abandonada na mesa.


- Depois.

- x -


Eu nunca tinha ido à escola. Aprendi a ler e escrever em casa, na Rússia. Fazia apenas três anos que eu tinha chegado à Inglaterra e já falava inglês razoavelmente bem, ainda que com muito sotaque. Mas não era o bastante. Sem saber ler e escrever inglês eu não poderia arranjar um bom emprego.


A lanchonete cresceu, e eu fui demitido. Alegaram que eu não poderia anotar os pedidos; antes eram poucas mesas e eu os decorava para passar à cozinha. Já não dava mais pra fazer isso.


Al e Orlando tentavam me ensinar, mas não era fácil mudar de alfabeto assim. Meu ritmo era lento e, enquanto não aprendia, também não conseguia outro emprego.


Enquanto isso, no espaço onde ficava a livraria, Orlando tentava montar um hall e uma sala de estar. Era horrível ter aquele espaço todo sem nenhum móvel e nenhuma utilidade.


- James queria fazer um café aqui. – ele comentou.


James era o amigo com quem Orlando dividiu a casa há alguns anos, antes que nos conhecêssemos. A casa era dele, que agora estava em Oxford, se formando advogado.


- Parece uma boa idéia.


- Ele vai vir aqui no próximo fim de semana, aí a gente vê tudo.


- x -


Finalzinho sem graça, eu sei... u.u’ De qualquer forma, o capítulo dois ainda não acabou. Depois eu posto a continuação dele (que eu espero deixar maior que o primeiro); ainda tá no comecinho e tem muita coisa pra acontecer o.O No total são doze capítulos.

Até mais... Comentem para fazer Moony feliz o/


Je ne vais plus pleurer

Je ne vais plus parler
Je me cacherai là
À te regarder
Danser et sourire
Et à t'écouter
Chanter et puis rire
Laisse-moi devenir
L'ombre de ton ombre
L'ombre de ta main
L'ombre de ton chien
Ne me quitte pas
(Ne me quitte pas - Edit Piaf)

22 comentários:

GueGue disse...

moony, realmente, eu não tenho mesmo paciência pra ler um post tão grande!! ushaush
Mas acho vocês ótimos escritores!!
Mesmo mesmo!!!
Adoro aqui, tem um ar bem fofo!

Grande beijo!

Anônimo disse...

Li qse tudinho ta faltando o "tds akeles ontens", pq tenho de ler os outros dois aki embaixo né p entender esse.
Ok.
Filha q msg foi akela, qse q t ligo em plena 00:00 da madru. xD
O desenho é o lá d cima?
Dps eu vou t mandar um negocio por msn q axei aki no pc.

Bom, é isso, nessa semana leio tds os posts. -*dedos cruzados* - juro.
hehehehe. xD

Roh~~> O Sumido^^

Deka disse...

Moony!Vim agradecer sempre tuas belas palavras em meu blog.
Dizer que sempre que posso leio o Status mas nem sempre comento, talvez porque eu não consiga acompanhar os posts todos.
Mas não vejo nada errado em post longos. Afinal tudo é com pressa nessa vida, por que não ler algo interessante com calma?

Beijo. Boa semana.

O amor e etc. disse...

Sim, sim. ás vezes é extramamente necessário tirar férias de tudo aquilo que nos cerca e que compoem a nossa rotina. O desenho é de um homem? u_u Ficou lindo, tá? Bem, eu acho que você nunca teve uma tartaruga, você é muito agitada. : D

.ana disse...

post enooooooorme, pra variar! hehehe
eu ando numa correria grande... não vou conseguir ler de novo!
[e hoje eu to estranha. preciso dizer mil coisas, e não consigo dizer nada.]

ai, vida...
bjos!

[ps: esse meme é ótimo... em breve eu posto lá pra td mundo quais foram minhas mentiras...]

Alex&Elisa disse...

Um...milhares de informações...vou precisar ler mais pra entender melhor...hahaha

Achei legal o texto (todos os "will´s" para mim são como o Will do Will&Grace...hahaha).

Somos vizinhos (você mora no Ceará?!)?!

Beijos do Alex

Zandali disse...

moony...

pra variar eu li emtade e volto pra elr a outra metade na p´roxima... hehehehe! mas leio tudo, sempre!

tb já quis entrar para a marinha, hum... será que freud explica!?

beijos pro roh!
e boa semana pra ti!!
beijo, beijo, beijo...

Mah disse...

Enrolei alguns dias para ler, mas li. :X
Estou adorando Will. To com uma preguiça de cnotinuar minha história...

Thays Lima disse...

Respondi o seu meme mocinha, Qto as suas inverdades não sei se as acertei!

Aah tem um selinho pra vc lá tb, qdo tiver um tempinho passa lá pegar!

Bjuu bom restinho de semana!

Iury Cézar disse...

Ameeeeeeeeeeei, quero o will pra mim. *-* -Q

La Vie disse...

Longa a postagem, mas valeu essa visita ...Os desenhos...achei bons!!!rs
"O ontem é um desfilar de dias intermináveis.
Só o dia de hoje é efêmero.
O amanhã: duvidoso e insondável.
O passado, eterno e reversível na memória:
quando lembro que tive tuas mãos nas
[minhas
teu sorriso em minha boca
teu corpo sob o meu!
Não deixes que os dias sós da minha vida
se multipliquem.
Faz com que eu pense que desvendei o
futuro,porque estarás comigo."
Cassandra Rios.
Beijo
Carmen

John Rômulo disse...

Nooooossa q coisa enormeee rsrsrs
post muito grande mesmo,mas eu gostei bastante!

obrigado por ter passado no meu blog.agora to com post novinho lá : www.blogspot.com

vou estar sempre por aqui agora ^^

' Rôh disse...

Não me pergunte pq meu coment lá em cima ficou "anônimo" pq eu tbm não entendi.
Axu q isso é preconceito do blogger pq eu sou negro!!!
Uor nam. =P

Varda disse...

Eu não acredito que Lost te traumatizou!!

Eduardo disse...

Continuo a tentar perceber como é que tu não escreves um livro...
Bom post rapaz!

Sophie disse...

Aiii cara... pensei que eu fosse a única criatura que não gosta nem um pouco de férias...
Se bem que dessa vez eu estava gostando. Não muito pelas férias, mas pq começou tudo de novo... tipo, "3º ano" de novo. Mas estou tentando ver só os lados bons ;)

Ahhh tu errou soh uma, sobre o Vaticano e Paris :P.

acho que as tuas mentiras são:


2. Gosto de country e blues;
6. Adoro bolacha de morango;
8. Me rendi à tecnologia e só estou escrevendo no PC.

=*******

Sophie disse...

Aiii Country não gosto, mas Jazz. Demais!!!
Sou louca pra subir Guaramiranga e assisti os caras lá naquele friozinho.
BB king eh o cara... agora as vozes femininas (às vezes tenho dificuladades de distinguir do Blues) como Nina Simone e a Elza Fitzgerald. :P
=***

Thiago L. disse...

Que phoda, quando eu tenho alguma perspectiva ou algo do tipo eu também morro de tanto esperar :P

(respondendo)- A escola tá sendo o máximo, tudo que sonhei *-* (carinha feliz)

- Omg, seu desenho é o máximo! Adoro desenhar mangá, mas nenhum ficou bom pra mim, e cara, ADORO (tentar) tocar violão, a música que sái dele (pra mim) é boa ~~~~

Omg, vlw por passar no meu blog aê, desculpa a ausência no seu blog! E eu vou linkar blz???

Bjss

Bell Bastos disse...

Tenho uma coisinha pra você no meu blog, beeeijos. :***

Bruna. disse...

Ah, Moony, é tão bom ler tudo aqui que nem percebemos o 'tamanho' :)
Muito obrigada pelo selo mesmo. Amei :)
Ah, tomara que você tenha gostado da música *-*
Não some, não, tá? :))
Beijo :**

Chrissie disse...

*cascudo na Moony*

¬3¬ TÁ PEQUENO.
*sacode* Brigou comigo só pra me deixar com água na boca? ;-; Você é má, Moony, muito má!!

A mãe do Will é muito maneira *-*v
O Orlando ainda conseue ganhar dela.

OXFORD? E o Will continua sem emprego -.-... Esse rapaz...!!

Eu sei que deve ser difícil pra ele aprender o inglês, essas coisas. Eu nunca tive problemas com inglês. Mas com o Will é um caso totalmente diferente.

PEGA ELE, ORLANDO! ELE GOSTA XD hsahusuuhsauhsa

Bejos, u_u

tchau!

Nenhum Mistério disse...

Ainn ><
Eu queria que o Will fosse real...
Assim eu poderia sequestrar ele xD skoakspoak
Pena que ele eh sua criação..
Então, axo que vou ter q sequestrar vc..
E olha...
não esqueci o nosso esqueminha naum viu?
Meu, seu, e do Rôh ^^
Te amoo
=D