quarta-feira, 17 de setembro de 2008

"O que eu mais quero não é ser o seu primeiro amor, mas sim seu último romance."

Que saudade de vir aqui. Entre outras coisas, o motivo da minha ausência foi a falta de tempo. Sei que não deveria dizer isso, porque parece uma desculpa muito superficial, mas é a verdade. Sem contar que minha mãe implantou um sistema rigorosíssimo aqui em casa em relação a horários de internet, por falar nisso, me sinto terrivelmente incomodado com os papéis de submissão dos filhos, não que aposte na ausência de moral dos pais, mas uma situação de hierarquia se torna, às vezes, insustentável. Por exemplo, talvez minha mãe desconheça ou desacredite, mas tenho um lado espiritual, independente das crenças dela. Não que tenha alguma coisa a ver com o que vou exemplificar agora, mas acontece que ontem ganhei de um amigo uma caixinha de incenso e adoraria acender um antes de dormir, mas sei que minha mãe é terminantemente contra esse tipo de coisa. Lembro-me de situações em que ao passar por uma loja que tivesse um incenso aceso ela reclamava e nem entrava na loja, agora me digam, o que demais pode ter em acender um incenso? E afinal eu também faço parte da casa e gostaria de ter alguns anseios atendidos. Acabei por não fazê-lo noite passada, mas depois do dia 19, que ela vai estar viajando, me aguardem! Falando em dia 19, entra outro assunto que gostaria de tratar aqui: day of my birthday. Para quem faltou as aulas de inglês: Dia do meu aniversário. Não sei direito, essa data tem me deixado confuso ultimamente, nos anos anteriores ora eu me portava obstinado a fazer festas e talz ora sentia total desprezo pela vida ou por esta data que não significava nada. Mas agora estou desesperado com a minha indiferença em relação a um sentimento veemente pelo "meu dia", tipo amor ou ódio. Antes ficava cogitando comigo mesmo se iriam fazer festas-surpresa, quantas mensagens iria receber, quantos telefonemas... mas hoje isso não me parece imprescindível. Andei até comentando aqui em casa: "não quero nada!". Mas a verdade é que já fiz minha programação para o final de semana, serão três dias muito loucos e talvez eu tenha acabado de achar o sentimento que me rege a tudo isso: enjoy life, (aproveitar a vida).
Farei de tudo para postar na sexta e contar como afinal se concretizou tudo isso, ou então Sáb./Dom.,...

;D Cheiroo meus amigos, me desejem sorte.

4 comentários:

Rodrigo Hyoukami disse...

Hierarquia...
Sistema de falha tardia...
Não que seja algo em sua filosofia...
Mas em normalmente por desejos de quem gerencia...
Não que tenham mal intento...
Mas hierarquia não funciona se flutua com o tempo...
Suas regras tem de se tanto estaveis quanto mutuas...
Mas mudando o rumo...
De certo lhe desejo sorte neste turno...
E em todos os outros...
Sou particularmente contra encontros...
Festas e reuniões...
Prefiro que me digam quando tem certo em seus corações...
De qualquer forma...
O tempo não retorna...
Saiba ver teus caminhos...
É facil nos vermos sozinhos...
Mas estarei a tua esquerda...
Tenha certeza...

Fiquem bem...

Mahzinha disse...

Seu aniversário? *o* Aproveite o/
Até hoje me arrependo do meu aniversário desse ano que foi horrível porque não comemorei nada por estar em um momento meio rebelde, a única coisa interessante que cheguei a fazer foi jogar meu celular na parede até quebrar .-.. Aproveite, certas datas são únicas, quanto anos? :3
Um beijo!

Sem mistério disse...

Oi meu amor^^
olha passei soh pra responder sua pergunta
eu comecei a escrever "Garotos não choram" aki em Santiago ^^
um grande beijo
vou dar uma olhada no blog^^

morango disse...

que saudades de passar por aki tbm ando meio sem tempo...
bju querido..